Como Calcular Rescisão com FGTS?

como calcular rescisão com FGTS

Ser mandado embora não é nada agradável, principalmente quando somos pegos de surpresa. Afinal ninguém quer perder a sua fonte de renda, não é verdade? Então nesse post você aprenderá como calcular rescisão com FGTS.

O FGTS ou Fundo de Garantia do Tempo de Serviço ajuda o trabalhador a se manter financeiramente até que ele arrume um emprego e possa pagar as suas dívidas.

Mas você sabe quanto você irá receber de FGTS? Veja agora como calcular o seu Fundo de Garantia por tempo de Serviço!

O que é FGTS?

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é uma iniciativa do Governo Federal. Que tem como objetivo proteger o trabalhador de carteira assinada no caso de demissão.

É um benefício de responsabilidade do empregador. Por isso é proibido realizar qualquer desconto na folha de pagamento do colaborador.

Enfim, quando um trabalhador começa um novo trabalho, é feito uma conta na Caixa Econômica Federal, onde são feitos depósitos mensais, como se fosse uma poupança.

O acesso a esse fundo só é feito após a demissão por justa causa ou demissão indireta, a cada novo emprego é feito um vinculo com uma nova conta.

Quais as modalidades do FGTS?

Há outras formas de sacar os fundos do FGTS, como:

Saque-aniversário

Onde o trabalhador pode sacar parte do saldo da conta do FGTS no mês do seu aniversário, ou seja, uma multa rescisória de 40%. No entanto, caso o trabalhador opte por essa opção, o trabalhador deixa de receber o FGTS na demissão. O saque é feito a partir do 1º dia do mês de aniversário e o trabalhador tem o prazo de 2 meses para sacar o dinheiro.

Outra opção de saque do FGTS, pode ser:

  • Demissão sem justa causa
  • Rescisão do contrato por extinção da empresa
  • Término do contrato por prazo determinado
  • Aposentadoria
  • Etc.

Como funciona o saque do FGTS?

O saque pode ser feito nas agências da Caixa Econômica Federal ou pelo aplicativo do FGTS e o prazo de recebimento é de 5 dias úteis.

Por isso que, realizar o cálculo do FGTS de forma correta é essencial para evitar problemas com processos trabalhistas. E que os trabalhadores tenham os seus direitos garantidos.

Como calcular o FGTS?

Antes de calcular o FGTS, cabe lembrar que o valor não é descontado do salário do funcionário, esse depósito é feito com recurso da empresa.

Para calcular é muito simples. a empresa precisa ter em mente que a alíquota é sempre de 8%, então ficará assim:

VALOR DO SALÁRIO *8%

Então se você tem um salário de R$2 mil, o valor do FGTS a ser depositado no FGTS é de R$160 assim todos os meses esse valor será depositado no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

Uma das dúvidas dos  contratantes é sobre quais verbas trabalhistas incidem sobre o FGTS,  que são: salários, abonos, adicionais como hora extra, insalubridade e periculosidade, também incide sobre comissões, aviso-prévio e 13º salário.

Entretanto, o FGTS não incide sobre: benefícios da previdência social, ajuda de custo, férias indenizadas, diárias para viagens, participação nos lucros, bolsa de estudos e entre outros.

E se você gostou do conteúdo, e aprendeu como calcular rescisão com FGTS, compartilhe esse artigo em suas redes sociais!