Como calcular o IPVA, venha conferir.

como calcular o IPVA

Veja neste artigo como fazer o cálculo do IPVA!

Começo do ano traz também novos boletos. É mensalidade da escola, boletos das compras de Natal, IPTU e também o IPVA. Então, todos esses gastos variam a cada ano e não tem como prevenir com antecedência.

Portanto, neste artigo você irá aprender a calcular o valor do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Acompanhe!

O que é o IPVA?

Quando chega essa época do ano, todo dono de veículo sabe que precisa estar com o automóvel em dia, e não é só de manutenção mecânica que estamos falando.

Para isso, é preciso ter em mãos o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV), e ele deve estar dentro do carro sempre. No entanto, esse documento só é entregue após o pagamento de uma taxa obrigatória, cobrada todos os anos para todos os proprietários de carro.

Esse documento afirma ao agente de trânsito, durante a vistoria, que o veículo está em condições para circulação. Bem como, em conformidade com as normas de segurança.

Para obter esse documento o dono do veículo deve quitar o DPVAT, referente ao seguro de danos pessoais causados por veículos automotores de vias terrestres. E também o IPVA, Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores.

Além disso, o IPVA é um tributo cobrado pela Secretaria da Fazenda dos Estados brasileiros e do Distrito Federal, sendo arrecadado para recursos em melhorias como manutenção de estradas, educação no trânsito etc.

De acordo com a legislação, cerca de 40% do valor arrecadado deste tributo é destinado ao Governo Estadual, 20% para os municípios e o restante para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação.

Quem Está Isento do Pagamento do IPVA?

Segundo a legislação, há algumas formas de isenção do pagamento do tributo. Para isso solicite o direito na Secretaria da Fazenda Estadual e pode ser feito em todos os Estados brasileiros. Entre os veículos livres de pagamento estão:

  • Veículos com mais de 20 anos de fabricação
  • Máquinas utilizados para fins agrícolas
  • Veículo ferroviário
  • Conduzido por pessoa com deficiência física
  • Utilizado no transporte público de passageiros
  • Pertencente a propriedade da Embaixada, Representação consular
  • Ônibus ou microônibus exclusivo no transporte público de passageiros.
  • Máquina de terraplanagem, empilhadeira, guindaste e outras máquinas usadas na construção civil

Como calcular o IPVA?

Para saber o cálculo do imposto, o Governo mostra qual o valor do modelo do veículo no mercado daquele ano. Essa informação está na tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas.

Esse valor é o valor venal e é uma estimativa do governo, por exemplo em veículos usados, o valor é determinado na tabela de acordo com o preço médio do mercado vigente.

Para veículos novos, o valor venal é está no documento fiscal no momento que você comprou o veículo.

Enfim, para calcular, multiplique o valor venal do veículo pela alíquota, e depois dívida o valor por 100.

Por exemplo, vamos supor que o valor venal do seu veículo em 2022 foi de R$30.000, o veículo que você tem é movido a gás natural e possui uma alíquota de 3%.

Valor do IPVA=R$30.000 x 3=R$90.000 ÷ 100 = 900

Cabe salientar que essa alíquota irá variar de acordo com o Estado. Então se você tem o mesmo veículo que um amigo, no entanto residem em Estados diferentes, é provável que o valor do IPVA seja diferente. Agora você já sabe como calcular o IPVA.

Enfim, se você gostou do conteúdo, compartilhe em suas redes sociais!