Como calcular o FGTS: fique por dentro!

como calcular o FGTS

Veja como calcular o FGTS!

O FGTS consiste em um fundo de garantia que funciona como uma poupança. Então, todo trabalhador registrado com CLT tem direito ao benefício e é obrigação da empresa depositar em dia.

O cálculo do FGTS é de responsabilidade do Departamento Pessoal que deve seguir alguns critérios da legislação trabalhistas, para evitar multas e sanções à empresa e garantir os direitos dos colaboradores.

No entanto, realizar o cálculo do FGTS não é muito difícil, mas há alguns detalhes que precisamos considerar. Por isso, preparamos um guia para te ajudar a saber mais sobre o assunto. Confira!

Como fazer o cálculo do FGTS

Para realizar o cálculo do FGTS, vamos supor que o Departamento de uma empresa fez os repasses ao  FGTS corretamente, em um período de 12 meses, com um salário de R$1500. Cabe salientar que  o  valor de repasse corresponde a 8% do salário bruto. Sendo assim:

R$1.500,00x 0,08%=R$160

Ou seja, o valor de repasse mensal será de R$160. Para saber se o valor total da contribuição, basta multiplicar pelos meses contribuídos (12 meses), ou seja R$1.920.

Quais os valores que incidem sobre o FGTS?

Alguns valores podem influenciar sobre o FGTS e são designadas verbas remuneratórias, e são:

  • Comissões, gratificações e adicionais
  • Auxílio doença e acidentário
  • Salário maternidade
  • Descanso semanal
  • Horas extras, adicional noturno, de insalubridade e periculosidade
  • Décimo terceiro e férias
  • Rescisão de trabalho

Enfim, o cálculo, deve considerar o salário bruto e deve ter o registro do pagamento mensal, sem descontos

Como fazer o Cálculo do FGTS com adicionais?

Sendo assim, veja um exemplo de como calcular FGTS com adicionais! Se o seu funcionário tem um salário bruto de R$1500 e recebeu R$100 de horas extras, você deve calcular da seguinte forma:

R$1500+R$100 = R$1600

Agora é só multiplicar por 8% e o montante a ser feito o depósito é de R$128. Em caso de rescisão com FGTS e multa, ou seja, quando o trabalhador é demitido sem justa causa.

Como fazer o cálculo do FGTS em atraso?

O recolhimento do FGT é feito até o dia 7 do mês subsequente, caso o dia 7 caia em um final de semana, é necessário antecipar o pagamento. No entanto, caso o pagamento seja feito em atraso, saiba que esse ato é considerado ilícito e pode gerar multa. O cálculo do FGTS em atraso pode ser feito manualmente em qualquer agência da Caixa.

Por fim, a penalidade é aplicada mês a mês e acrescenta 0,5% ao valor inicial e também há uma multa fixa, correspondente a 5% do valor que deve ser pago ao funcionário.